quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Consulta, hormônios, resfriado e roupas manchadas

No último dia 30, eu e a barriga fomos à consulta com o obstetra. Já não acordei muito bem nesse dia, confesso, mas a conversa com o doutor me irritou profundamente. Primeiro: O que está acontecendo com as mulheres que não acham mais normal ter um parto normal??? Sim, porque as grávidas tem culpa no cartório também! Será pura ansiedade ou será uma necessidade de controle tão grande que elas resolvem bancar Deus marcando a data e a hora do nascimento de seus filhos?! A culpa deve ser dos astrólogos e numerólogos... só pode. Será medo de sentir dor??? Eu estou farta de ser encarada pelos médicos obstetras com cara de "ET" me perguntando se eu quero parto normal. Brincadeira... dessa vez achei que tinha me livrado dessa... mas não. Aconteceu. De novo. Segundo: Joana parece que será maior que a irmã. (????!!!????) Sim... vc leu certo e eu escrevi certo. O médico é que tá doido. A explicação dele é que cada bebê tem um desenvolvimento gestacional diferente e que existem aqueles que resolvem crescer só no final da estada no ventre. A Joana seria um exemplo. Por todo o tempo esteve no percentil 50, mas agora tá "querendo passar pra turminha de cima." Palavras do doutor. O mais hilário (absurdo!!) foi ouvir que o fato dela ser um bebê grandão seria mais um complicador para o parto normal. E eu ainda não sei ler, nunca me informei sobre o assunto e não tenho 1,74m de altura (sem citar as ancas largas). Estou achando mesmo é que aquele senhor não quer correr o risco de perder a programação da semana do saco cheio. Em meio a tudo isso (depois de xingar muito) resolvi acalmar as tensões e orar pra Papai do céu trazer minha bonequinha com muita saúde! É o que importa.


Sábado que vem alcançamos a 34ª semana e entramos oficialmente no nono mês. Reta final total! Enfim! Meu corpo está muito abalado com os 19kg ganhos até agora e meus pés... bom, melhor nem falar neles. Coitados. A barriga parece estar um pouco mais baixa e já não tenho mais problemas com chutes nas costelas. O sono fora do normal começou a aparecer e as costas (lombar) nunca pararam de doer. Apesar de tudo isso, o humor anda bom e sinto o passar de cada semana como uma vitória... lembrando dos sustos... por tanto tempo achei que poderíamos não chegar até aqui. Difícil anda conter as emoções! Choro com notícia na TV, choro com uma buzinada no trânsito (pra mim, claro!), choro de cansaço, choro assistindo o sono da Juju, choro. Afinal, Brasília está muito seca e eu preciso contribuir com a umidade de alguma forma.


Lembro-me bem que no final da gravidez da Júlia fiquei doente. Lembro-me bem de no blog que fiz durante a gravidez da Júlia ter dito que não era justo grávidas ficarem gripadas. Aconteceu. De novo. Estou com um resfriado, gripe, sinusite ou qualquer outra coisa que nos deixa com o nariz escorrendo durante o dia todo e entupido durante a noite toda. Estou fanha e sentindo ardência nos olhos. Às vezes a cabeça dói e espirrar dói a barriga. Mas como hoje já é o terceiro dia deve estar passando... comigo é assim... uma semana e nada mais!


Eu tinha que separar um post para falar só sobre meu novo "eu"... eu - dona de casa. Fica anotado... esse assunto merece todo destaque! Só que enquanto o post não vem vou contando. Fui lavar algumas coisinhas da Joana... tá mais que na hora de deixar tudo pronto. Mas eu sou uma perdição pra lavar roupa! Sigo todas as instruções das donas de casa mais experientes e mesmo assim as bichas tendem a manchar. Manchei um lençolzinho e um cobertorzinho da Joana... que tristeza... mas foi coisa pouca, dá pra usar. Ontem coloquei sabão demais na máquina... quando vi tinha espuma para todos os lados da cozinha. E o marido assistiu a cena com um misto de pena e outro de preocupação. Pediu que eu treinasse bastante com minhas roupas antes de lavar as dele (risos). Grande apoio, amor! Obrigada! Aproveitei a problemática e pesquisei um pouquinho sobre manchas e como tirá-las e encontrei este site que dá umas dicas muito legais. Mas tirando a dificuldade com o módulo "lavadora", eu estou nota 10 no curso Dona de Casa. Quem me conhecia antes dessa versão deve estar mesmo admirado (né, mãe?!). E adoro!! Lavar a louça, tirar os lixos, arrumar as camas, organizar brinquedos, esfregar roupas e passar pano tem sido as melhores distrações nos últimos tempos. Pena que a gente não ganha pra isso...


Contagem regressiva: faltam 6 semanas...

Nenhum comentário: