sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Nasceu!

Nasceu Joana de parto cesariana no dia 10/10/2010 às 8h29 com 52 cm e 3.675g. A baixinha que prometia ser pequena veio maior que a irmã. O parto foi tranquilo até o momento em que a retiraram... ela estava com 4 circulares do cordão e não chorou ao sair da barriga. Fiquei muito assustada e só acalmei quando o pai a trouxe para eu conhecê-la. Calma, ela não parava de colocar a linguinha pra fora... uma fofa! É paixão à primeira vista, não tem jeito! Mamou mais ou menos 40 minutos após o parto, logo que fui para a sala de recuperação. Voltei a sentir as pernas num tempo recorde e fui pro quarto rapidinho. Ao final do primeiro dia eu já estava me sentindo ótima e no dia seguinte à noite recebemos alta. Chegar em casa foi um pouco assustador... parece muita coisa pra uma pessoa só. Minha mãe tem sido uma ajuda fundamental para dar conta de me adaptar a essa nova vida de uma maneira menos traumatizante. Ainda estou de pontos e me sinto quase 100%. Joana completa 5 dias de nascida hoje e já está começando a criar uma rotina. Muito tranquila, só berra quando quer o peito e só o peito e o peito não vem. Meu leite está descendo bem e apesar de dolorido não feriu. Júlia é a melhor irmã do mundo!! Ajuda muito nos cuidados e ama um amor de dar suspiros a quem vê. Se orgulha da irmãzinha e só se atrapalha quando quer fazer tudo como os adultos... Estou nas nuvens com essas duas e me sinto uma mulher abençoada ao quadrado!

domingo, 3 de outubro de 2010

Doce Outubro

O grande mês chegou e com ele uma ansiedade tamanha que não está cabendo em mim! Não consigo ficar parada, só penso em parto, fraldas e Joana. E já cansei disso. Meus pés estão e-n-o-r-m-e-s como nunca imaginei que fosse possível acontecer... comigo. O excesso de peso tem destruido tudo o que me restou de articulações, tendões e demais "ões". Minha mãe tem ajudado muito e com as férias dela tenho tido companhia para dividir tantas emoções... que parecem novas. Tudo novo, de novo. Terça-feira teremos a última ecografia... estamos na torcida para que joaninha tenha passado dos 3kg e que o Sr. Doutor concorde em trazê-la ao mundo. Eu e minha boca.  Ela sempre falando e eu sempre pagando. Já não me sinto uma boa candidata ao parto normal. Estou  muito cansada, muito gorda, com muitas dores... e mentalmente fraca. Uma pena. Mas seja o que for melhor! E que Deus ilumine e abençoe mais essa jornada.

Hoje é dia de eleição e esse é outro assunto que não aguento mais. Daqui a pouco saio pra votar e tomara que alguma coisa mude...

Contagem regressiva: falta 1 semana...