terça-feira, 12 de julho de 2011

Dos sonhos e das realizações



Imagem retirada daqui

Era uma vez um filho de uma procuradora do trabalho (falecida) que era filha de um desembargador. Ele tem um filho que é advogado concursado e morre de orgulho por ele. Um orgulho tão intenso que é fácil perceber a projeção deslocada. Ele nunca concluiu uma faculdade, mas manteve uma empresa por mais de 20 anos. A empresa nunca trouxe o tanto de status e dinheiro com os quais ele sonhou. E ele nunca cursou Direito. Hoje, no auge de sua crise da meia idade, ele olha para trás com pesar. O passado é repleto de oportunidades descartadas e possibilidades que só tomam vida na fantasia. Triste? Não muito... ele conquistou respeito por onde passou e conseguiu derrubar um muro que nunca devia ter sido posto de pé. Nunca sujou o próprio nome e não sabe nem de longe o gosto da miséria. Uma vida digna, muitos diriam.

Essa história para mim?! Um insight. Eu não quero comemorar meus 50 anos certa de que não fui tudo o que poderia ser. Ou tudo que gostaria de ter sido. Esse ano já irei completar meus 27... ui... tenho que correr! Não quero ser mais uma a olhar a grama do vizinho e me impressionar com o tanto que ele a mantém verde. E ver meu jardim cheio de pedras... as pedras que cultivei. Volto a estudar já!

Só não sei ainda como farei para me manter acordada depois das 22h sem poder tomar uma jarra de café... alguma dica??!



10 comentários:

Nave Mamãe disse...

Vou te contar uma história: Era uma vez um homem cuja meta profissional era um cargo x. Ele se aposenta em 9 anos, sempre almejou e nunca alcançou o cargo. Ele se casa e decide ter um filho, planeja ir morar no interior pra dar qualidade de vida pro filho.
Abre uma vaga almejada numa capital, o cara se inscreve e já chegou, bem, na última fase.
A mulher fica feliz pq o marido alcançou o que queria ou o joga pela janela por ter sabotado todo o planejamento familiar?
Eu não fiquei feliz, mas estou do lado dele, afinal não quero que no aniversário de 50 anos dele...

Angi disse...

Fabiana!
ADOREI!
É verdade, temos que correr contra o tempo!
Devemos fazer tudo que quisermos e sonharmos, buscar nossa força interior e acreditar que Deus nos ajuda sempre!
Tu me inspirou hoje, quero fazer alguma coisa diferente também...vou pensar sobre isso!
obrigada o carinho comigo,viu?
Bjão querida

Fabi disse...

Agora que percebi que tenho que correr mesmo... é isso mesmo, levantar as mangas e buscar o que queremos, o duro é ter certeza do que queremos, eu to nesse dilema sem fim, não sei nem se volto a trabalhar no fim da licença, que já ta pertinho... bjs

Karen disse...

Muito legal, Fabiana! Corra sim atrás dos seus sonhos, afinal, como sempre dizem, é melhor se arrepender pelas coisas que vocÊ fez, do que pelas coisas que não fez...

Quanto a ficar acordada muito tempo... se achar uma dica boa me diga também :-)

Beijos,
Karen
http://multiplicado-por-dois.blogspot.com/

Karen disse...

Muito legal, Fabiana! Corra sim atrás dos seus sonhos, afinal, como sempre dizem, é melhor se arrepender pelas coisas que vocÊ fez, do que pelas coisas que não fez...

Quanto a ficar acordada muito tempo... se achar uma dica boa me diga também :-)

Beijos,
Karen
http://multiplicado-por-dois.blogspot.com/

Angi disse...

Fabiana!
ADOREI!
É verdade, temos que correr contra o tempo!
Devemos fazer tudo que quisermos e sonharmos, buscar nossa força interior e acreditar que Deus nos ajuda sempre!
Tu me inspirou hoje, quero fazer alguma coisa diferente também...vou pensar sobre isso!
obrigada o carinho comigo,viu?
Bjão querida

fabipalvim disse...

Karen, esse tem sido meu maior dilema... como ficar acordada??!!! Pq quando não estou amamentando faço um café bem fortão e vou tomando enquando leio... mas e amamentando?! O que fazer, céus?!!!

fabipalvim disse...

Xará... eu também fico numa confusão danada do que eu quero... tem dia que acordo toda decidida, mas daí à noite eu já não sei... duro, né?!

fabipalvim disse...

Ai, Angi... parece que tem dia que uma palavrinha é o suficiente pra mover nosso caminhãozão, né?!rsrs Fiquei toda boba com seu comentário!! :-)

fabipalvim disse...

Ui... toda história tem mais de um lado, né?! Aí é buscar o que a capital tem de bom pra oferecer e se jogar, né?!!! Sucesso!!