sexta-feira, 16 de março de 2012

Peito e pizza

Muitos se incomodam com a amamentação prolongada. Existem discussões de todos os tipos. Os que se posicionam contra dizem que causa dependência. Os que são a favor lembram da indicação da Organização Mundial da Saúde (aliás, pela OMS recomendar a amamentação até os dois anos OU MAIS, acho que o termo PROLONGADA deveria ser aplicado somente a partir daí. Mas, atualmente, é incomum ver bebês amamentados por mais de um ano). Os contra reclamam da estética do ato. Tipo, "se for amamentar por dois anos, faça isso em casa" ou "Esse negócio de bebê que anda e mama é estranho".

Joana mama. Recuso-me a dizer ainda e por aí você já é capaz de descobrir minha posição nesta questão.

Ela sempre mamou a qualquer tempo e sempre preferiu o peito a qualquer coisa. Então ela mama mesmo de barriga cheia, porque o peito alimenta para além do estômago. Mas a finalidade desse post é contar um caso.

Foi assim.

Era sexta-feira e eu adoro comer pizza às sextas-feiras. Sei lá porquê. Estávamos sozinhas, Joana e eu. Júlia estava brincando com os amigos embaixo do bloco. Regalia reservada também para as sextas-feiras. Tocou a campainha enquanto eu amamentava. Era o moço da pizza. Joana reconheceu a caixa. "Papá". Coloquei-a (a caixa e não a Joana) no balcão da cozinha americana e voltei para o sofá. Percebi a agitação da pequena, mas ignorei propositalmente. Sentei, saquei as tetas e ela negou! Inédito! Apontou para a caixa e falou "Papá". Ela estava decidida. Fomos comer pizza, então.

Moral da história.

Para os que se incomodam com o fato da minha filha mamar no peito aos 17 meses ou para os que se preocupam no atraso que ela irá sofrer diante deste fato... acalmem-se. Ela não pediu peito. Pediu pizza.

7 comentários:

Paloma, a mãe disse...

Ahahaha, ótimo, Fabi! Diante de uma pizza, nem elas resistem. Clarice é igual!
Beijos

Dani Garbellini disse...

Ai, ri muito! Nossa, você está ouvindo muito com 17 meses apenas? Eu amamentei até 37 meses e, juro, Arthur está ótimo, sem qualquer problema psicológico ou alimentar. kkkk
Hum, que vontade de pizza deu agora... (mente de grávida, se concentrou na comida - rs)
Beijos!

Mari Hart disse...

hahahaha... muito bom mesmo Fabi!!! Adorei!

E o povo se incomoda com tudo né?! Se mamar até os 6 meses é pouco, se não tiver leite é mãe de m*&^%, se mamar depois de 1 ano é constrangedor. Eu hein... o povo tem que se decidir!

Bjaozão nas 3! =)

Bárbara disse...

Hahahahahaha.... o meu está com 16 meses e também mama e sabe o que é igual??? Sou muito criticada por ele ainda (como assim, ainda?) mamar...
Beijos,
Bárbara

www.babydicas.com.br

Mãe da Menina Manú disse...

Oi Fabiana tudo bem?? estou te seguindo a algum tempo e fui convidada para um desafio e gostaria de te convidar também, da uma passadinha no meu blog... abraços!!

Camila Carvalho disse...

que ótimooooo! arrumei um "parceira de teta" rsrs
MINHA ALANIS TEM 18 MESES, e mamaa muitoooo! não tenho previsão pra parar, acho que na verdade, quando ela bem entender,rsrs doei bastante, ainda tenho bastante pq vou negaar?
ameei o post, já tô seguindo!
bjinhooos
perolasdealanis.blosgpot.com

Luíza Diener disse...

povo chato.
vou inventar uma pizza pro benjoca.
sei lá, de folha de brócolis com queijo de soja. ahahahahhaha