terça-feira, 15 de maio de 2012

Ontem voltei a ser uma mãe que trabalha fora.

A última semana de "férias" foi um tanto nostálgica. Senti uma ansiedade, misturada a uma alegria imensa, mas acompanhada de uma certeza angustiante de que daqui pra frente minha vida nunca mais voltará ao que era antes. Nunca. Lembro-me bem de um sentimento semelhante quando estava grávida de Júlia.

As próximas duas semanas serão de treinamento. Carga horária de 8h por dia. Hoje foi o segundo dia e eu já estou morrendo de saudades da Joana (que sempre passava as manhãs comigo). A academia também tem feito falta. Mas o curso tem sido ótimo e eu estou bastante motivada!

Não saber ainda exatamente onde irei trabalhar mexe com a minha cabeça sistemática. A curiosidade faz os dias passarem lentamente. 

Cheguei em casa cansada. Cuidei das meninas, das mochilas de amanhã, das roupas sujas, da louça, tomei um banho e na primeira acordada de Joana me deparei com minha maior aflição. A febre. Eu trabalhando o dia inteiro e filha doente. Não combina. Mediquei. 

Adianta rezar?!

Um comentário:

Mirys + Guigo + Nina disse...

Bem vinda à minha realidade, Fabi!!! Uma loucura, mas compensa, viu? Elas vão perceber que a mãmi está realizada...

Querida, vim te convidar para uma blogagem coletiva muito especial: no dia 30 de maio, sobre o amor! Faz parte da campanha do Diário - "GASTE TEMPO COM QUEM VOCÊ AMA"!

Tá tudo explicadinho aqui: http://diariodos3mosqueteiros.blogspot.com.br/2012/05/dia-da-familia-chegando-diario-da-nina.html

Participa com a gente???

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: não adianta rezar! rsrsrs